Olá Pessoal! Tenho recebido vários pedidos dos nossos clientes e seguidores a respeito do assunto de hoje: APRENDA A REMOVER O MOFO NAS PEÇAS DE COURO. Esse fungo costuma surgir em ambientes úmidos e em épocas de chuvas. No outono/inverno eles também encontram um ambiente bem favorável para se reproduzirem. É justo nessa época que procuramos casacos e jaquetas para usar e podemos nos deparar com surpresas nada agradáveis. Isso também ocorre com bolsas, botas, sapatos e cintos. 

Num primeiro momento a gente passa um paninho úmido (algumas pessoas colocam detergente, sabão, etc..) e pode ser que o bolor saia em sua maioria. O problema é que esse bichinho volta. Ele está impregnado na peça. Você removeu o que estava visível a olho nu. Você toma um pouco de chuva, não seca a peça e ele volta de novo. É aí que as pessoas desistem das soluções caseiras e procuram ajuda.

IMPORTANTE: As dicas a seguir são válidas apenas para COURO LISO, ou seja, não aplicáveis para camurça, nobuk e outros couros permeáveis.

1. ELIMINE O FUNGO NA PEÇA DE COURO (POR COMPLETO)

É matar no ninho que fala né? Sim, isso mesmo! Você precisa se livrar desse fungo de uma vez por todas. Vou indicar dois produtos que resolvem por ordem decrescente de eficácia. As dicas a seguir também servem para sapatos, bolsas, cintos e outros itens de couro liso (impermeável)

VINAGRE BRANCO: faça uma solução com metade vinagre branco metade água. Se você tiver um daqueles recipientes que tem um spray na ponta, perfeito! Borrife sobre a área afetada o suficiente para cobrir (para evitar acidentes ou piora no estado da peça faça um teste numa pequena área antes). Deixe agir por 2 minutos (pra dar tempo de matar os fungos que estão impregnados lá no fundo das fibras do couro). Pegue um pano seco e recém lavado (produtos com resíduos químicos causam danos ao couro!!) e esfregue suavamente para não desbotar ou sair tinta da peça. Remova o excesso. Coloque a peça em local arejado e à sombra. Se for um casaco/jaqueta coloque num cabide. Alguns indicam deixar a peça no sol. Eu não recomendo fazê-lo e explico o porquê: o sol tem raios ultravioleta A e B que podem causar manchas irreversíveis no couro. Deixe o couro respirar por pelo menos 12 horas em local seco e ventilado. 

• ÁLCOOL ISOPROPÍLICO: esse tipo de álcool é encontrado em farmácias. Não recomendo outros tipos de álcool na medida em que podem causar danos irreversíveis ao couro! Faça uma solução com metade álcool isopropílico metade água. Se você tiver um daqueles recipientes que tem um spray na ponta, perfeito! Borrife sobre a área afetada o suficiente para cobrir (para evitar acidentes ou piora no estado da peça faça um teste numa pequena área antes). Pegue um pano seco e recém lavado (produtos com resíduos químicos causam danos ao couro!!) e esfregue suavamente para não desbotar ou sair tinta da peça.  Coloque a peça em local arejado e à sombra. Se for um casaco/jaqueta coloque num cabide. Alguns indicam deixar a peça no sol. Eu não recomendo fazê-lo e explico o porquê: o sol tem raios ultravioleta A e B que podem causar manchas irreversíveis no couro. Deixe o couro respirar por pelo menos 12 horas em local seco e ventilado. 

Em casos que a peça foi completamente impregnada com mofo, tente repetir essa operação. Se o problema persistir voce tem 2 alternativas: levar numa lavanderia especializada ou simplesmente comprar outra nova. E da próxima vez tome os cuidados que explicarei no final, ok?

2. HIDRATE O COURO

Depois da limpeza profunda para matar os fungos, o couro ficará ressecado e perderá o brilho natural. O couro é uma pele e precisa ser reidratado. Farei 3 indicações de produtos que resolvem por ordem decrescente de eficácia.

CERA DE ABELHA: 100% recomendo esse produto elaborado à base de óleos amaciantes naturais e cera de abelhas. Amacia, reidrata e rejuvenesce suas fibras. Sua ação impermeabilizante protege contra os raios solares, chuva, suor, umidade e maresia. O melhor de tudo: Produto atóxico e isento de produtos químicos. Não deixa resíduos gordurosos. você pode adquirir esse produto no nosso site: CLIQUE AQUI.

VASELINA LÍQUIDA: essa solução é apenas provisória ao meu ver. Aplique a vaselina em pouca quantidade na peça e espalhe com a ajuda de um pano levemente umedecido. Aguarde cerca de 30 minutos e remova o excesso. 

ÓLEO DE AMÊNDOAS: se não tem mesmo outro jeito e você precisa sair com a peça tipo agora mesmo, aplique algumas gotas sobre a peça e espalhe suavemente. Aguarde 5 minutinhos, remova o excesso. Quebra o galho.  

3. EVITE QUE ISSO OCORRA NOVAMENTE: DICAS DE ARMAZENAGEM

Peças de couro são investimentos, não são descartáveis. Então se liga aí: 

• Verifique as condições do seu armário/quarto. Se há umidade oriunda de tubulações ou outros problemas de construção peça ajuda de um profissional para resolver o problema de vez. Não é barato, mas impede que você perca todo seu guarda roupa.

•  Solução Caseira para o seu armário: veja o vídeo e saiba como evitar o mofo dentro do armário

•  Nunca, em hipótese alguma use sacos plásticos ou mesmo de tnt para armazenar seus casacos de couro ou quaisquer outras peças de couro. O couro precisa respirar.

•  Mantenha o hábito de retirar as peças de couro do armário a cada dois meses e levá-las para um local seco, arejado e longe dos raios solares para que as mesmas possam respirar.

• Se você tomar chuva e molhar seu casaco/sapato/bolsa remova o excesso de água imediatamente! Depois, com um pano seco tente secar tudo que for possível. Coloque em local seco e arejado para secar até o dia seguinte. Nada de secar no sol, hein?  

•  Não guarde as peças de couro no armário (mesmo que não tenha tomado chuva) na hora que você acaba de usá-las! Principalmente os sapatos, pois eles retém nosso suor e levam algumas horas para secar. Deixe as peças secarem completamente e então guarde-as no armário.

Então é isso, pessoal! Sigam essas dicas e tenham sapatos, casacos e acessórios em couro com aparência de novos por muito tempo!!